Instructor

Cavaleiros De Santa Maria do Brasil

Reviews (1)

Márcio Roberto

Overview

 

 

1. O postulantado é um período bastante importante, para a Ordem, para o postulante e para seu padrinho.

Para o postulante, porque é nesse momento que deverá discernir sua verdadeira vocação, se deseja realmente tornar-se cavaleiro e militar, ou não. Deverá conhecer e meditar a Regra, sabendo o que sua vocação lhe deve trazer (II, 4).

O padrinho, um escudeiro-donato ou um cavaleiro, deverá incutir no postulante o desejo de amar o Cristo-Rei e militar sob sua bandeira. Dará a conhecer ao postulante a Regra e o dever de amá-la, a necessidade do trabalho corporal e espiritual, juntamente com o desejo de se retirar qualquer aburguesamento ou acídia da alma (II, 5).

 

2. Neste período, o postulante deve conhecer em que associação está para entrar, assim, é importante que a formação se resuma a 04 campos:

- Leitura e meditação da Regra (finalidade, conhecer o espírito da Militia)

- Leitura da Constituição (para saber o que a pessoa assume como vocação)

- O Tratado da Verdadeira Devoção (para o postulante entender o que é e a necessidade da consagração, ainda que seja claro que esta não é para todos e, se ainda não o for, consagrar-se)

- O que é a cavalaria (a base para se entender o que é a Ordem)

 

3. Na realidade brasileira, também para se evitar pessoas que buscam apenas o exterior, os postulantes serão conduzidos a um trabalho pastoral em suas respectivas paróquias e, ao mesmo tempo, introduzidos obrigatoriamente no Ofício Divino: deverão assistir à Santa Missa uma vez na semana em dia fixo à sua escolha e oferecê-la pela Militia, como rezarem o rosário (três terços) semanalmente na mesma intenção. Podem participar dos Capítulos e trazer a parte interna do hábito: sapatos pretos, calça cinza escura, camisa azul-acinzentada e gravata azul escura.

O padrinho pode, já neste período, percebendo o desejo do postulante, encaminhá-lo para dentro de um dos círculos ativos dentro da Ordem.

 

4. Ao término dos três meses, esse período não deve ser adiantado, deverá haver uma entrevista com o candidato realizada pelo padrinho sobre seu real desejo de pertencer à Militia. Recebendo parecer positivo dos membros e com anuência do provincial, a pessoa é recebida como freire.

Course content


Request invitation

Content of this course is available by invitation only. You can not access this course if you don't have an invitation from the course instructor.

Get Started

Interested? Start your first course right now.

There is more to learn